Saúde, sono e exercício físico: versículos selecionados

Motivos para cuidar do corpo

1Co 6.19 - Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?
Rm 12.1 – Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.
1Co 10.31 – Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.

Aspectos práticos da vida no temor do Senhor que promovem a saúde do corpo

• — Obediência a Deus
Pv 3.7-8 – Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal; será isto saúde para o teu corpo e refrigério, para os teus ossos.
Pv 4.20-22 – Filho meu, atenta para as minhas palavras; aos meus ensinamentos inclina os ouvidos. Não os deixes apartar-se dos teus olhos; guarda-os no mais íntimo do teu coração. Porque são vida para quem os acha e saúde, para o seu corpo.

• —Confissão de pecados 
Sl. 32.3-5 – Enquanto calei os meus pecados, envelheceram os meus ossos pelos meus constantes gemidos todo o dia. Porque a tua mão pesava dia e noite sobre mim, e o meu vigor se tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei.
Sl 38.3-8 – Não há parte sã na minha carne, por causa da tua indignação; não há saúde nos meus ossos, por causa do meu pecado. Pois já se elevam acima de minha cabeça as minhas iniqüidades; como fardos pesados, excedem as minhas forças.  Tornam-se infectas e purulentas as minhas chagas, por causa da minha loucura. Sinto-me encurvado e sobremodo abatido, ando de luto o dia todo. Ardem-me os lombos, e não há parte sã na minha carne. Estou aflito e mui quebrantado; dou gemidos por efeito do desassossego do meu coração.

— Comunicação e amizades sábias
Pv 12.18 – Alguém há cuja tagarelice é como pontas de espada, mas a língua dos sábios é medicina.
Pv 15.30 – O olhar de amigo alegra ao coração; as boas-novas fortalecem até os ossos.
Pv 16.24 – Palavras agradáveis são como favo de mel: doces para a alma e medicina para o corpo.

— Contentamento e alegria no Senhor
Pv 14.30 – O ânimo sereno é a vida do corpo, mas a inveja é a podridão dos ossos.
Pv 17.22 – O coração alegre é bom remédio, mas o espírito abatido faz secar os ossos.

O sono

—•  O sono tranquilo é dádiva divina para quem teme ao Senhor e cumpre suas responsabilidades.
Pv. 3.21-24 – Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos; guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso; porque serão vida para a tua alma e adorno ao teu pescoço. Então, andarás seguro no teu caminho, e não tropeçará o teu pé. Quando te deitares, não temerás; deitar-te-ás, e o teu sono será suave.
Ec 5.12 – Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco, quer muito; mas a fartura do rico não o deixa dormir.
Sl 4.8 – Em paz me deito e logo pego no sono, porque, SENHOR, só tu me fazes repousar seguro.

•  O sono excessivo e irresponsável traz prejuízos
Pv 20.13 – Não ames o sono, para que não empobreças; abre os olhos e te fartarás do teu próprio pão.

O exercício físico

•  A prática esportiva ilustra verdades da vida cristã
1Co 9.25 – Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível.
2Tm 2.5 – Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas.
Hb 12.1 – Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta.

•  O exercício físico tem algum proveito, mas não produz fruto eterno
 1Tm 4.8 – Pois o exercício físico para pouco é proveitoso, mas a piedade para tudo é proveitosa, porque tem a promessa da vida que agora é e da que há de ser.