Medo: versículos selecionados

Os antídotos para o medo

—O amor de Deus
1Jo 4.18 – No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora o medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.

A presença de Deus
Hb 13.5b, 6 – De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei. Assim, afirmemos confiantemente: O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?
Mt 28.20b – E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.
Js 1.9 – Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares.
Sl 118.6 – O SENHOR está comigo; não temerei. Que me poderá fazer o homem?
Sl 46.1 – Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Portanto, não temeremos ainda que a terra se transtorne e os montes se abalem no seio dos mares; ainda que as águas tumultuem e espumejem e na sua fúria os montes se estremeçam.
Sl 23.4 – Não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo.

A proteção de Deus
Rm 8.31-35 – Que diremos, pois, à vista destas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que não poupou o seu próprio Filho, antes, por todos nós o entregou, porventura, não nos dará graciosamente com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?
Sl 91.1-4 – O que habita no esconderijo do Altíssimo e descansa à sombra do Onipotente diz ao SENHOR: Meu refúgio e meu baluarte, Deus meu, em quem confio. Pois ele te livrará do laço do passarinheiro e da peste perniciosa. Cobrir-te-á com as suas penas, e, sob suas asas, estarás seguro; a sua verdade é pavês e escudo.
Sl 27.1 – O SENHOR é a minha luz e a minha salvação; de quem terei medo? O SENHOR é a fortaleza da minha vida; a quem temerei?
Sl 18.30 – O caminho de Deus é perfeito; a palavra do SENHOR é provada; ele é escudo para todos os que nele se refugiam.
Pv 3.24-26 – Então, andarás seguro no teu caminho, e não tropeçará o teu pé. Quando te deitares, não temerás; deitar-te-ás, e o teu sono será suave. Não temas o pavor repentino, nem a arremetida dos perversos, quando vier. Porque o SENHOR será a tua segurança e guardará os teus pés de serem presos.
Sl 121.3-8 – Ele não permitirá que os teus pés vacilem; não dormitará aquele que te guarda. É certo que não dormita, nem dorme o guarda de Israel. O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita. De dia não te molestará o sol, nem de noite, a lua. O SENHOR te guardará de todo mal; guardará a tua alma. O SENHOR guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre.
Sl 17.8 – Guarda-me como a menina dos olhos, esconde-me à sombra das tuas asas.
Sl 63.7 – Porque tu me tens sido auxílio; à sombra das tuas asas, eu canto jubiloso.

—A provisão de Deus
2Co 12.9 – Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo.
2Tm 1.7 – Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, de amor e de moderação.
Jo 14.27 Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
Sl 23.1 – O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará.

A comunhão com Deus
Pv 1.33 – Mas o que me der ouvidos habitará seguro, tranquilo e sem temor do mal.
Pv 14.27 – O temor do SENHOR é fonte de vida para evitar os laços da morte.
Sl 112.1, 7­ – Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR e se compraz nos seus mandamentos. … Não se atemoriza de más notícias; o seu coração é firme, confiante no SENHOR.
Sl 34.4 – Busquei o Senhor e ele me acolheu; livrou-me de todos os meus temores.

A confiança em Deus
Sl 56.3, 4 – Em me vindo o temor, hei de confiar em ti. Em Deus, cuja palavra eu louvo, no SENHOR, cuja palavra eu louvo, neste Deus ponho a minha confiança e nada temerei. Que me pode fazer o homem?
2Cr 20.12b – Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti.