Relacionamentos interpessoais: versículos selecionados

cab-chave

O relacionamento com Deus: base para os demais relacionamentos e antídoto contra a solidão

Sl 16.8 – O SENHOR, tenho-o sempre à minha presença; estando ele à minha direita, não serei abalado.
Sl 23.4 – Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.
Sl 27.10 – Porque, se meu pai e minha mãe me desampararem, o SENHOR me acolherá.
Sl 34.18 – Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito oprimido.
Jo 14.16, 17 – E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós.
Jo 14.21, 23 – Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado por meu Pai, e eu também o amarei e me manifestarei a ele. […] Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada.
Jo 15.13-15 – Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando. Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer.
Rm 8.38, 39 – Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.
1Co 1.9 – Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.
Hb 13.5b – Porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei.
1Jo 1.5-7 – Ora, a mensagem que, da parte dele, temos ouvido e vos anunciamos é esta: que Deus é luz, e não há nele treva nenhuma. Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.

—Os relacionamentos interpessoais sábios: os conselhos de Provérbios

Pv 18.1 – O solitário busca o seu próprio interesse, e insurge-se contra a verdadeira sabedoria.

● O companheiro e colega (rea’), e o vizinho (shoken)
Pv 3.29 – Não maquines o mal contra o teu próximo, pois habita junto de ti confiadamente.
Pv 11.9 – O ímpio, com a boca, destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento.
Pv 11.12 – O que despreza o próximo é falto de senso, mas o homem prudente, este se cala.
Pv 12.26 – O justo serve de guia para o seu companheiro, mas o caminho dos perversos os faz errar.
Pv 13.20 – Quem anda com os sábios será sábio, mas o companheiro dos insensatos se tornará mau.
Pv 14.21 – O que despreza ao seu vizinho peca, mas o que se compadece dos pobres é feliz.
Pv 22.11 – O que ama a pureza do coração e é grácil no falar terá por amigo o rei.

● O amigo que ama (‘ohev) e o amigo mais chegado (‘allup)
Pv 15.30 – O olhar de amigo alegra ao coração; as boas-novas fortalecem até os ossos.
Pv 17.17 – Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão.
Pv 18.24 – O homem que tem muitos amigos sai perdendo; mas há amigo mais chegado do que um irmão.
Pv 27.6 – Leais são as feridas feitas pelo que ama, porém os beijos de quem odeia são enganosos.
Pv 27.9, 10 – Como o óleo e o perfume alegram o coração, assim, o amigo encontra doçura no conselho cordial.
Não abandones o teu amigo, nem o amigo de teu pai, nem entres na casa de teu irmão no dia da tua adversidade.
Mais vale o vizinho perto do que o irmão longe.
Pv 27.17 – Como o ferro com o ferro se afia, assim, o homem, ao seu amigo.