Jerry Bridges

Jerry Bridges [1929-2016] já está com o Senhor, mas o legado que ele deixou em seus livros é de muita importância para o discipulador e conselheiro cristão. Engenheiro por formação acadêmica, após vários anos de serviço nas forças navais, dedicou cerca de 40 anos ao ministério de discipulado com The Navigators.

Uma das ênfases no ministério de Jerry Bridges foi o ensino de que a santificação é um dom de Deus, algo que não pode acontecer sem a obra do Espírito Santo, e ao mesmo tempo é uma responsabilidade na qual devemos investir nossos melhores esforços. Eu sou responsável por lidar com o pecado, sou responsável por crescer no fruto do Espírito, mas sou dependente do poder de Cristo que me capacita através do Espírito Santo e permite-me cumprir minha responsabilidade. “Disciplina dependente” é a expressão que ele usava para se referir a esta verdade bíblica baseada em Filipenses 2.12, 13: “Assim, meus amados, como sempre vocês obedeceram, não apenas em minha presença, porém muito mais agora na minha ausência, ponham em ação a salvação de vocês com temor e tremor, pois é Deus quem efetua em vocês tanto o querer quanto o realizar, de acordo com a boa vontade dele”.

[O] avião ilustra um dos princípios mais importantes da vida cristã. Assim como o avião deve ter ambas as asas para voar, nós também temos de exercer disciplina e dependência em busca da santidade. Assim como é impossível para um avião voar com apenas uma asa, também é impossível termos êxito na busca da santidade apenas com dependência ou disciplina. Nós necessitamos de ambas. The discipline of grace [A disciplina da graça], p. 129.

Uma segunda ênfase, presente em quase todos os seus livros, é a importância do evangelho não apenas para a salvação, mas para a caminhada diária do cristão.  Pregue o evangelho a você mesmo, diariamente, era o apelo que ele fez em muitos de seus escritos, mas não pregue um evangelho sem cruz.

Devemos tomar o cuidado de não nos fiarmos no chamado amor incondicional de Deus, sem perceber que Seu amor flui em nossa direção somente em consequência da morte expiatória de Cristo. The discipline of grace [A disciplina da graça], p. 59.   

Você pode ler mais detalhes biográficos no artigo de Justin Taylor, publicado em sua homenagem por TGC (em inglês).

Vários livros de Jerry Bridges estão disponíveis em português e merecem ter um lugar na biblioteca do conselheiro bíblico.

BRIDGES, Jerry. A busca da santidade. Brasília: Monergismo, 2013. 170 p.
“A Busca da Santidade merece ricamente ser considerado um clássico moderno. Jerry Bridges dissipa alguns equívocos perigosos enquanto motiva os leitores com uma paixão pela verdadeira santidade. Este é certamente um dos livros mais importantes produzidos nos últimos cinquenta anos.” (John MacArthur).
Links na web: Sinopse/editora – Resenhas: Tim Challies   Trevin Wax
BRIDGES, Jerry. Confiando em Deus: mesmo quando a vida nos golpeia, aflige e fere. São Paulo: Nutra, 2012. 264 p.
Por que é mais fácil obedecer a Deus do que confiar nele? Simplesmente porque obedecer a Deus faz sentido para nós. Na maioria das vezes, Suas leis parecem razoáveis e sábias, e geralmente somos capazes de reconhecer que elas são o melhor para nós. No entanto, algumas circunstâncias que enfrentamos parecem testar nossa confiança em Deus.
Links na web: Sinopse/editora
BRIDGES, Jerry. O evangelho para a vida real:  voltando-se para o poder libertador da cruz dia após dia.  São José dos Campo, SP: Fiel, 2015. 245 p.
O evangelho de Jesus Cristo é a porta para a vida eterna, mas que diferença ele faz em nossa vida quando já temos a salvação em Cristo? Jerry Bridges afirma que o evangelho é a força vital da nossa caminhada diária com Deus. Certamente o evangelho é a chave para a nossa salvação, mas ele também é o poder que nos move a progredir em santidade dia após dia.
Links na web: Sinopse/editoraTrecho
post_prioloBRIDGES, Jerry. Graça que transforma. São Paulo: Cultura Cristã, 2007. 208 p.
Temos a tendência de basear o relacionamento pessoal com Deus no nosso desempenho em vez de na Sua graça. Vivemos pelas obras e não pela graça. Somos salvos pela graça, mas queremos viver pelo “suor” do nosso esforço. Reconhecer que o meu relacionamento diário com Deus é baseado no mérito infinito de Cristo e não no meu próprio desempenho é uma experiência libertadora e que traz alegria.
Links na web: Sinopse/editora – Resenha: John Bird
 BRIDGES, Jerry. Pecados intocáveis.  São Paulo: Vida Nova, 2012. 176 p.
Por que toleramos certos pecados? Será que os cristãos vivem tão preocupados com os pecados considerados mais graves pela sociedade que se tornaram indiferentes à necessidade de lidar com os pecados mais sutis que todos cometem? Jerry Bridges trata de um grupo específico de pecados em geral considerados “aceitáveis” ou “intocáveis”, pecados que toleramos em nossa vida.
Links na web: Sinopse/editoraSumário e trecho – Resenha: Tim Chalies
 BRIDGES, Jerry. O poder transformador do evangelho.  São Paulo: Editora Batista Regular, 2015. 190 p.
O apóstolo Paulo escreve que precisamos ser transformados. Muitos cristãos, porém, lutam em vão para serem transformados e andam frustrados e desanimados. Jerry Bridges ajuda-nos a entender que temos ao nosso alcance a fonte de toda transformação espiritual: o evangelho. O evangelho não é apenas o poder de Deus para a salvação de todos os que creem (Rm 1.16), é também o instrumento divino para nos educar sobre a vida cristã (Tt. 2.11-12) e o método divino para nos fazer crescer espiritualmente (2Pe 3.18). Neste livro, o autor nos ensina, na sua famosa frase, a “pregar o evangelho a nós mesmo todos os dias”.
Links na web: Sinopse/editora – Resenhas: Gavin Ortlund, Tim Challies
 BRIDGES, Jerry. Quem sou eu? Nossa identidade em Cristo.  São Paulo: Vida Nova, 2015. 112 p.
Jerry Bridges faz a pergunta mais fundamental e importante da existência humana: “Quem sou eu?”. Em seguida, busca na Palavra de Deus oito respostas: sou uma criatura, estou em Cristo, sou justificado, sou adotado por Deus, sou nova criação, sou santo, sou servo de Jesus Cristo, ainda não sou perfeito. Uma apresentação honesta e sem rodeios da verdade bíblica.
Links na web: Sinopse/editoraSumário e trecho – Resenha: Aaron Armstrong 
 BRIDGES, Jerry. A vida frutífera.  São Paulo: Cultura Cristã, 2010. 144 p.
Como podemos vestir os trajes da graça quando estamos tão ocupados lutando com nossos velhos padrões de comportamento? Jerry Bridges explora os nove aspectos do “fruto do Espírito” descritos em Gálatas 5.22, 23: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, e domínio próprio. Ele esclarece o processo de cultivo  mostrando-nos como praticar o “fruto” na vida real.
Links na web: Sinopse/editora

CCB cab padraoRecursos de autoria de Jerry Bridges na Infoteca de Conexão Conselho Bíblico

Artigos
Áudios
Vídeos

Bibliografia em inglês