Desacelere, acalme-se e aprecie Cristo neste final de semana

Kristen Clark

Só pode ser brincadeira!  Isso é pura loucura, penseiCom a minha cesta cheia de presentes de Natal, levei meu carrinho até o final da fila do caixa que estava absurdamente longa. Deveria ter pelo menos 30 pessoas na minha frente. Bati o olho no conteúdo de vários carrinhos ali junto a mim.  Sim, eles estavam fazendo a mesma coisa que eu, pensei. Por que eu não havia me planejado melhor?

Todos sabem que fazer compras de última hora em uma grande loja de departamentos é praticamente a pior ideia do mundo. E ali estava eu, esperando na fila da loja, ao lado de todas as pessoas que estavam comprando no ultimo minuto.

A frustração começou a tomar conta de mim. Eu não estava brava com a loja. Eu não estava brava com meus companheiros procrastinadores — OK, talvez um pouco. Eu estava primeiramente frustrada com a minha grande falta de planejamento.

Decidi pegar meu celular e checar meu e-mail para passar o tempo.
E foi então que me dei conta de que essa é a época do Natal. Deveria ser a época de “paz na terra” a todos os homens. Deveria ser uma época em que “tudo é paz”. Deveria ser a época de “glória a Deus… em Belém Jesus nasceu”. Mas não estava sendo assim. Pelo menos, não em meu coração.

Enquanto esperava a fila andar, mal-humorada, percebi que algo incomodava meu coração. Não se esqueça do verdadeiro significado do Natal. Respirei fundo, e andando alguns passos para frente na fila, pensei sobre o Natal. Não mais sobre os presentes, as compras, as músicas e as iguarias.

Parei e pensei em Jesus.
Pensei a respeito do Rei do universo que nasceu em uma humilde estrebaria. Pensei em Maria e sua incrível confiança em Deus. Pensei em José e sua obediência ao casar-se com sua noiva que estava grávida. Pensei nos pastores e sua empolgação para ver o Messias.

Quando todas essas lembranças encheram a minha cabeça, a verdadeira razão do Natal acalmou o meu coração. A razão do Natal é Jesus.

De repente, a longa fila na loja parou de me incomodar. Minha “falta de planejamento” não era o fim do mundo. Minhas circunstâncias não eram o problema. O meu coração era o problema. No meio de compras, compras, e mais compras, perdi de vista o alvo. Esqueci a verdadeira razão do Natal. Eu negligenciei a Pessoa a quem estava celebrando.

Deus foi gracioso ao incomodar meu coração e me relembrar o que realmente importa.
No meio de uma loja lotada, o meu coração encontrou paz e alegria novamente. O Natal é para celebrar e apreciar Cristo. Se você é como eu, creio que também tenha dificuldade para manter Cristo no centro do seu coração durante o Natal. Com a chegada desse final de semana corrido, quero deixar com você o desafio que estou dando a mim mesma: desacelere, acalme-se, aprecie Cristo.

Enquanto espero por este final de semana e o Dia de Natal, não quero me esquecer da coisa mais importante: Jesus. Vou me empenhar intencionalmente para desacelerar, pegar minha Bíblia e ler a respeito do meu Salvador. Meu coração precisa de momentos calmos para refletir, orar, agradecer a Deus por ser o meu Deus.

Se eu não me esforçar intencionalmente para que isso aconteça, passarei o Natal sem apreciar o verdadeiro significado da festa.
Não sei como será o seu final de semana, mas sei que se você não se propuser a apreciar Cristo, você se esquecerá dEle. Não tenho palavras suficientes para enfatizar a importância de você separar tempo para isso. Desligue o seu celular e o seu computador, e abra a Palavra de Deus. Invista tempo para ler sobre o nosso maravilhoso Deus nos capítulos 1 e 2 de Lucas. Acalme-se e louve a Deus por meio da oração.

Você se juntará a mim no desafio de desacelerar, acalmar-se e apreciar Cristo nesse Natal? Espero que sim. Oro por você. Que sejamos mulheres que se juntam a Maria para dizer: ´´Minha alma engrandece ao Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador´´ (Lucas 1.46, 47).

Vamos adorar Seu nome juntas!
´´E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz´´ (Isaías 9.6).

´´Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens aos quais ele concede o seu favor´´ (Lucas 2.14).

Feliz Natal!



Original: Slow Down, Be Still, and Cherish Christ this Weekend
Artigo publicado originalmente em GirlDefined.

Tradução: Júlia Distler
Revisão: Conexão Conselho Bíblico