Você decidiu ter uma coleção de recursos para ajudá-lo no seu dia a dia como conselheiro bíblico. Por onde começar?

A Bíblia afirma que ela contém tudo aquilo de que precisamos para a vida e a piedade. Ela é certamente a sua primeira fonte e o recurso mais importante para o ministério. É importante, portanto, que ela esteja sempre acessível ao seu lado. Mais ainda, ela deve ser estudada com diligência, gravada no seu coração e praticada.

Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para nos ensinar o que é verdadeiro e para nos fazer perceber o que não está em ordem em nossa vida. Ela nos corrige quando erramos e nos ensina a fazer o que é certo.  Deus a usa para preparar e capacitar seu povo para toda boa obra. 2Tm 3.16, 17-NVT

@AprendaMais: 
ESTUDO E USO DA BÍBLIA NO ACONSELHAMENTO BÍBLICO
APLICATIVOS E PROGRAMAS GRATUITOS PARA O ESTUDO DA BÍBLIA

Ao lado da sua Bíblia, uma coleção de recursos informacionais pode trazer muitos benefícios para o discipulador e conselheiro. Autores cristãos, que interpretaram e aplicaram fielmente a Palavra de Deus, podem ajudá-lo a compreender mais claramente o texto bíblico e a usá-lo com sabedoria na vida diária. Você pode ter excelentes mestres e aproveitar de seu estudo e vivência nos mais diversos assuntos.

Na era da informação, temos uma abundância de recursos a nossa disposição. Nesse contexto, surge a necessidade de conhecer e saber selecionar com sabedoria os recursos informacionais, e depois usá-los com proveito. É preciso ter “competência em informação”, ou seja, possuir um conjunto de disposições, conhecimentos e habilidades que capacitam para reconhecer qual informação se faz necessária, onde encontrá-la, como avaliar sua qualidade e como fazer um uso adequado. O desenvolvimento e gerenciamento da sua coleção personalizada de recursos é um processo que envolve planejamento e dedicação.

O guia preparado por Conexão Conselho Bíblico tem por propósito incentivar a uma atividade contínua de “aprendizado-discipulado-aconselhamento”. Ele está baseado em muitos conceitos e práticas da ciência da informação e da metodologia de pesquisa científica, mas apresentados de maneira a permitir o aproveitamento ministerial mais do que acadêmico.

ESTE GUIA É PARA VOCÊ!

-1- Você sabe identificar diferentes necessidades informacionais ao lidar com as situações atuais de ministério, e também se preocupa em prever quais podem ser as situações do amanhã para as quais você precisa se preparar?
— Descubra a importância e os benefícios de APRENDER CONTINUAMENTE

-2- Você está ciente da multiplicidade de fontes de informação e da diversidade dos recursos disponíveis e sabe por onde começar a formar a sua coleção?
— Saiba ENCONTRAR E ESCOLHER os recursos que oferecem respostas fieis à Palavra de Deus e relevantes para a sua realidade.

-3- Você está comprometido com não ser um mero “colecionador” de recursos, mas com ir além e tirar o máximo proveito de cada item da sua coleção?
— Aprenda a INTERAGIR com os recursos que você escolheu, conectá-los um ao outro e registrar seu aprendizado.

-4- Você encontra com facilidade o item de que necessita ou seus recursos se acumulam misturados na sua mesa, no computador, nas prateleiras do escritório e de casa, e nos momentos cruciais justamente aquele item está “em algum lugar”, menos ao seu alcance?
— Descubra como ORGANIZAR a sua coleção para que todos os recursos impressos e digitais estejam facilmente ao seu alcance.

-5- Você formou e organizou a sua coleção, mas você também costuma tirar o melhor proveito de cada item para as conversas e tarefas práticas, nos grupos de estudo, nas oportunidades de compartilhar on-line ou no preparo de novos materiais?
— Descubra como USAR a sua coleção de recursos para benefício pessoal e ministerial.

Embora você encontre aqui cinco passos em ordem linear para facilitar a compreensão e a consulta, é importante lembrar que a atividade de coletar recursos informacionais e usá-los no dia a dia é um processo dinâmico e em contínua evolução, que acompanha e favorece o seu crescimento pessoal e o desempenho ministerial. Há sempre novas necessidades que surgem do seu desejo de aprender e de ajudar pessoas nas mais diversas circunstâncias e lutas pessoais, e há sempre novos recursos disponíveis para serem conhecidos e utilizados.