NOTAO fato de recomendarmos determinado livro não significa que endossamos toda a obra de seu autor.

ADAMS, Jay. De perdoado a perdoador. Brasília: Monergismo. 2017. 165 p.

Links para o livro:  Amazon

O perdão é uma condição importante para a comunhão com o Pai celestial. Não é uma opção. Perdoar é uma ordem de Deus. Também não podemos ficar levantando hipóteses sobre como perdoar, a quem perdoar, quando perdoar, ou quantas vezes perdoar. Deus não nos deixou sem informação explícita. Os princípios bíblicos não são difíceis de se entender, apesar de parecer que muitas pessoas têm encontrado diferentes formas de entendê-los mal.

George, Elizabeth. Amando a Deus de todo o seu entendimento. São Paulo: Hagnos, 2003. 253 p.

  • Capítulo 5: Lembrando-se de esquecer.

Links para o livro: Amazon

Sua cabeça é invadida diariamente por mais de dez mil pensamentos! Você gostaria que cada um deles fosse agradável a Deus? Com base na sua rica bagagem de experiências e de lutas, Elizabeth George mostra o segredo de ver fluir a alegria concentrando-se no que é verdadeiro, puro, bonito e bom.

JONES, Robert. Más lembranças: superando o seu passado. São Paulo: Nutra, 2009. 29 p.

Links para o livro: Amazon

As lembranças do seu passado o perseguem? Há esperança para aqueles que sofrem por causa do seu próprio passado? A maioria das pessoas que sofrem por causa das lembranças ruins anseia que elas desapareçam. Por outro lado, alguns querem ignorar o problema e “simplesmente esquecer o que passou”. Robert Jones mostra que Deus provê soluções para o problema das más lembranças.

Jones, Robert. Perdão: eu simplesmente não consigo me perdoar! São Paulo: Nutra, 2010. 32 p.

Links para o livro: Amazon

“Sei que o Senhor me perdoou, mas simplesmente não consigo me perdoar.” O que você responderia? Talvez você mesmo tenha lutado com o “perdoar a si mesmo” e não saiba exatamente como lidar com sentimentos de culpa. Por que “perdoar a si mesmo” é uma ideia tão atraente? O que, presumindo que diga alguma coisa, a Bíblia tem a dizer sobre isso?

LANE, Timothy. Livre da culpa: encontrando alívio para os seus fardos. São José dos Campos, SP: Fiel, 2018. 20 p.

Links para o livro: Amazon

Você está vivendo sob uma nuvem de culpa da qual não consegue se livrar não importa o que faça? Você se sente culpado por tudo, o tempo todo? Todos nós temos diferentes maneiras de lidar com os nossos sentimentos de culpa, mas nenhuma delas funciona por muito tempo. Timothy S. Lane explica que nossas estratégias para lidar com a culpa não funcionam porque a culpa não é apenas um mau pressentimento. É um problema real entre nós e Deus

MacARTHUR, John Jr. A liberdade e o poder do perdão. Goiânia, GO: Primícias, 2014. 253 p.

Links para o livro: Editora

Há poucos conceitos mais fundamentais para o cristianismo ou mais importantes para a saúde pessoal e espiritual do cristão do que o perdão. Mas na era em que a moda é “perdoar a si mesmo” em vez de perdoar os outros, será possível conciliar o entendimento moderno de culpa, acusação, misericórdia e justiça com o evangelho de Cristo?

MacARTHUR, John Jr. A verdade sobre o perdão. São Paulo: Cultura Cristã, 2014. 64 p.THUR, John Jr.

Links para o livro: Amazon

O único remédio verdadeiro para os problemas do homem envolve arrependimento, confissão, restituição e crescimento. Neste volume: 1. Precisamos ser perdoados 2. Somente Deus pode perdoar o pecado 3. O perdão de Deus é imerecido 4. Deus quer perdoar 5. Deus toma a iniciativa do perdão 6. Deus fornece o caminho para o perdão 7. Deus quer que perdoemos uns aos outros.

NEWCOMER, Jim. Não consigo perdoar. Eusébio, CE: Peregrino, 2019. 57 p.

Links para o livro: Editora

Um pequeno livro que ajuda pessoas que tem encontrado dificuldade em trabalhar o perdão em termos práticos. Cinco princípios em direção ao perdão.

PIPER, John. Lutando contra a incredulidade. São José dos Campos, SP: Fiel, 2014.  176 p.

  • Capítulo 6: Lutando contra a amargura.

Links para o livro: Amazon

Somente o poder superior das promessas de Deus no evangelho pode livrar nossos corações da servidão às promessas rasas e prazeres transitórios do pecado. Neste livro, o pastor John Piper fornece um guia bíblico de como encontrar alegria e vitória do evangelho e, assim, enfrentar as lutas contra o pecado.

POWLISON, David. A vida além do erro dos seus pais: o poder transformador do amor de Deus. São José dos Campos, SP: Fiel, 2019. 20 p.

Links para o livro: Amazon

E se seus pais foram violentos, mentirosos, frios ou apenas ocasionalmente desencorajadores? Podem suas falhas impedir você de entender o amor de Deus e de ter um relacionamento crescente com o seu Pai celestial? Alguns dizem que você não pode conhecer o amor de Deus, a menos que alguém substitua seus pais, dando-lhe uma nova imagem amorosa para usar em relação a Deus. Mas isso é verdade? David Powlison fala com compaixão àqueles que estão desencorajados por seus pais e usa a Palavra de Deus para mostrar que os erros de nossos pais não podem nos impedir de conhecer Deus e seu amor infalível.

PRIOLO, Lou. Amargura: a raiz que contamina. São Paulo: Nutra, 2019. 84 p.

Links para o livro: Amazon

Uma das palavras bíblicas para amargura descreve literalmente o sabor amargo de certas comidas e bebidas. O verbo traduzido por “ser amargo” significa “cortar” ou “perfurar”. Você pode pensar sobre amargura como uma ferida interna, autoinfligida e é isso mesmo. A Bíblia, contudo, diz que essa atitude ressentida e não perdoadora cortará e perfurará a outros também. A amargura é o resultado de não perdoarmos alguém. Estar amargurado com alguém é não ter verdadeiramente perdoado a pessoa. Em outras palavras a amargura é o resultado de reagir de maneira inapropriada (não bíblica) a uma ofensa.

VIARS, Stephen. Colocando seu passado no devido lugar. São Paulo: Nutra, 2012. 296 p.

Links para o link: Amazon

O passado é para muitos o grande vilão de suas vidas. Não raro, buscam nele as razões para as mazelas do presente. Para esses, no passado estão os grandes responsáveis por suas ações e reações no presente, por suas respostas, pensamentos e padrão de comportamento atuais, e completam afirmando que nada pode mudar isso

WOLGEMUTH, Nancy DeMoss. Escolhendo o perdão: sua jornada para a liberdade. São Paulo: Vida Nova, 2019. 208 p.

Links para o livro: Amazon Resenha

Este livro não oferece fórmulas mágicas para o perdão, mas, sim, princípios bíblicos que podem ajudá-lo a se libertar de ressentimentos, desejos de vingança e amargura. Escolhendo o perdão é um convite para que você se aprofunde na Palavra de Deus e assim descubra tanto as promessas quanto os mitos que acompanham o perdão, além de aprender estratégias para pôr em prática a graça e a misericórdia de Deus e desse modo perdoar tendo como referência o perdão que Deus estendeu a nós.

● Para o conselheiro

SANDE, Ken. O pacificador: como solucionar conflitos. Rio de Janeiro:  CPAD, 2010.   334 p.

Links para o livro: AmazonResenhaResenha

Este livro tem o propósito de ajudar você a se tornar um pacificador. Ele fornece uma abordagem simples, mas abrangente que ajudará você a solucionar os conflitos de sua vida. Como esta abordagem é baseada firmemente na Palavra de Deus, ela é eficaz em todos os tipos de conflito.

STREET, John, STREET, Janie. Aconselhamento para mulheres: um guia bíblico e prático. São Paulo: Nutra, 2018. 376 p.

  • Capítulo 4: Amargura
  • Capítulo 10: Culpa

Links para o livro: Editora

Este livro oi planejado para tratar de questões presentes na vida das mulheres – problemas com os quais lutam – por uma perspectiva bíblica, permeada pelas Escrituras, e, portanto, recheada com a sabedoria de Deus. De leitura fácil, o livro será muito útil não só para as mulheres, mas para os pastores, líderes e conselheiros que estão engajados na tarefa de aconselhar biblicamente