Como preparar seu adolescente para a volta às aulas?

aulas_post

Aulas, de novo?  As férias terminam rapidamente. Andy Woodall, integrante da equipe pastoral da Faith Baptist Church em Lafayette, dá alguns conselhos aos pais na volta às aulas.

1. Ore por seu filho adolescente. Leve diante de Deus pedidos específicos. Você e eu precisamos da ajuda de Deus… não apenas para sobrevivermos, mas para sermos bem-sucedidos −  para a Sua glória.

2. Tenha pelo menos duas boas conversas intencionais com seu filho por ocasião da volta às aulas. Sem fazer pressão sobre ele, trabalhe aspectos importantes.

a.  Ouça seu filho. Faça várias perguntas. Antes que você e eu descubramos a melhor forma de levar uma pessoa para onde ela deve ir, é preciso sabermos com precisão onde ela está. Quando você usa um GPS, se quiser saber o caminho que vai de onde você está para onde você quer ir, é necessário saber com precisão tanto o seu destino quanto a sua localização. A conversa número um tem por objetivo descobrir a localização de seu filho. Você e eu devemos ouvir mais do que falar.

b. Trace objetivos, responsabilidades e expectativas com clareza. Quando um líder não traça as metas, responsabilidades e expectativas para sua equipe, o resultado é falta de propósito e uma produtividade mínima. Precisamos proporcionar aos nossos adolescentes diretrizes baseadas na Palavra de Deus. Esse é o nosso papel. Além disso, se não formos claros sobre aquilo que esperamos, o adolescente não terá como prestar contas. Trace claramente as regras da família. Especifique como e quando as tarefas devem ser feitas, o horário para estar em casa, a atitude esperada.

c. Converse sobre assuntos importantes como a vida espiritual e o crescimento cristão, a importância do estudo e de dar o melhor de si naquilo que faz, os relacionamentos, a pureza, a escolha cuidadosa dos amigos íntimos, a prioridade que deve ser dada à família, seu amor para com seu filho, a importância do trabalho. E há outros assuntos mais para tratar, com certeza.

d.  Faça um retrospecto das férias e descubra aquilo de que seu filho gostou e o que ele aprendeu . As férias geralmente proporcionam vários momentos de descoberta para os adolescentes, alguns pela percepção dos resultados de boas escolhas, outros pelas lições aprendidas em decorrência de más escolhas. Ambos são momentos proveitosos se houver crescimento espiritual.

Essas conversas não devem acontecer de maneira apressada nem por simples dever, mas com um espírito de amor e senso de importância. Se possível, gostaria de encorajá-lo a ir a algum lugar especial como uma lanchonete, um restaurante ou um parque (os meninos adolescentes privilegiam a comida, enquanto a maioria das meninas dá atenção à atmosfera – você é quem conhece melhor o seu adolescente). Conte a seu filho com antecedência que você quer investir tempo com ele algumas vezes na volta às aulas, e defina dias e horários.

3.  Guie seu adolescente na escolha dos amigos. Este é um ponto de luta para muitos pais. Nossa sociedade diz que devemos deixar o filho adolescente traçar o próprio caminho. Os amigos são escolha dele. O livro de Provérbios e outras passagens bíblicas trazem um ensino diferente. O primeiro ponto que Salomão, o homem mais sábio a exceção de Jesus, levanta com respeito ao desenvolvimento da sabedoria é a atitude do filho que ouve a instrução de seu pai e o ensino de sua mãe. Dois princípios são importantes: (1) você deve instruir seu filho adolescente na escolha dos amigos, e (2) é sua responsabilidade verificar que o adolescente ouça e siga a instrução. O livro de Provérbios descreve quem deve ser escolhido como amigo íntimo e quem deve ser evitado.

4.  Regule o uso da internet, da televisão e das mensagens de texto, e o tempo de entretenimento. Estes são privilégios, não direitos. Se estes privilégios não forem aproveitados de forma responsável, eles devem ser retirados ou limitados até que o adolescente desenvolva responsabilidade em esferas menores. Estabeleça diretrizes claras sobre o quê, quando e como cada coisa deve ou não ser usada. Faça perguntas específicas, com regularidade, para se certificar de que as regras foram seguidas. Confira o telefone celular, a conta do Facebook e a conta de e-mail. Ah, não esqueça que seu filho adolescente, provavelmente, tem mais de uma ou duas contas diferentes para cada serviço. Os adolescentes muitas vezes recorrem a um código para as conversas “secretas” que eles querem esconder dos pais – só para sua informação (mas estou certo de que seu filho jamais faria isso).

5.  Na medida do possível, apresente a seu filho opções para as quais ele possa dizer “sim”. Por exemplo, antes que seu filho adolescente peça para trazer um amigo para passar a noite em casa, alguém com quem você não se sente à vontade, apresente algumas opções que você selecionou por acreditar que sejam boas para todos os envolvidos. Você pode dizer: “Acho que esta sexta-feira pode ser uma boa noite para você fazer algo com um amigo. Veja o que estou pensando… Qual lhe parece melhor?”. Em suas opções, deixe claro “quem” (dois ou três adolescentes que você aprova), “o que fazer” e “quando”.

6.  Diga claramente “não” quando for necessário. Fico impressionado com a quantidade de adolescentes que raramente recebem um “não” para aquilo que querem. Geralmente, você pode identificá-los. Como? Eles ficam com raiva, discutem, tornam-se defensivos ou procuram ignorar a conversa. No preparo para a volta às aulas, pode ser necessário dizer claramente “não” a algumas coisas que o adolescente quer fazer.

7.   Reserve na agenda tempo em família uma vez por semana e proteja este compromisso. Os horários dos membros da família são diferentes. Pode ser trabalhoso encontrar esse momento. Não precisa ser algo de outro mundo, mas mantido com regularidade e significativo.

8.  Trace claramente a rotina diária antes e após as aulasMuito poderia ser dito aqui. Resumindo, se esta rotina não for estabelecida em detalhes, não espere que ela aconteça. Se for traçada com clareza, espere que ela seja inicialmente questionada. Faça os ajustes necessários. Há muitas variáveis aqui. Planeje, comunique seu plano, faça ajustes.

Tenha uma excelente volta às aulas! Aproveite bem o tempo de preparo.

Original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s