Robert Somerville. Se sou cristão, por que estou deprimido?

se-sou-cristao_post

A jornada de um cristão pelo “vale da sombra da morte”

Muitos cristãos lutam em alguma medida com uma condição que poderia ser enquadrada dentro do que costumeiramente é chamado de depressão. No entanto, eles lutam secretamente, temendo serem mal compreendidos. Afinal, o cristão deveria estar sempre feliz da vida, certo? Errado!

Podemos amar o Salvador e proclamar Seu Evangelho, mas isso não nos exclui de lutas e, entre estas, a depressão. Ao longo da história, homens e mulheres de Deus – entre eles, Martinho Lutero, David Brainerd e Charles Spurgeon, mencionados por Robert Somerville – sofreram com a dor da alma, mas encontraram “vias de escape” em meio a tribulações e puderam dizer, como o profeta Jeremias, “A minha porção é o SENHOR, diz a minha alma; portanto, esperarei nele” (Lm 3.24)

Relatos de vida real e de esperança segura
Em Se eu sou um cristão, por que estou deprimido? – um livro que surgiu da experiência pessoal do autor – Robert Somerville dirige-se justamente àqueles que lutam sozinhos à procura de uma resposta para essa pergunta.

Quando compartilho minha experiência, muito vêm me contar sobre suas tribulações com a depressão. Eles declaram que não haviam procurado ninguém para falar, pois se sentiam culpados por seus sentimentos, ou sentiam que seriam julgados. De fato, pode ser um assunto muito difícil de conversar no meio cristão. 
Meu propósito com esse livro é escrever sobre o que experimentei e aprendi com a profunda depressão que vivi. [ … ] Os títulos dos capítulos são questões com as quais tive que lidar. (p. 9, 19)

—-• Onde está a esperança?
—-• Se sou cristão, por que estou deprimido?
—-• Como lidar com a culpa?
—-• O que está acontecendo com meu corpo e minha mente?
—-• Como posso lidar com meus medos, preocupações e ansiedade?
—-• Como posso expressar a Deus minha profunda tristeza?
—-• A alegria está fora de questão?

Robert Somerville conduz o leitor na descoberta dos diversos aspectos envolvidos na experiência de depressão, caminhando desde os sintomas até às causas e curas, e o faz sem nunca cessar de apontar para a esperança que é encontrada abundantemente no Senhor Jesus e Sua Palavra.

A esperança é encontrada na Pessoa de Jesus Cristo, não em uma pílula, ou em prescrições médicas, nem no conhecimento de fatos e na mudança das circunstâncias. […] Apesar do seu estado de desesperança, você tem um Deus que direciona sua situação. “Essa esperança que temos como âncora da alma, uma esperança segura e firme” (Hb 6.19a ênfase minha). Essa esperança é a que se baseia na grande misericórdia de nosso Pai e na ressurreição de Jesus dentre os mortos. (1Pe 1.3). Esperança é a firme crença no poder de Deus e na sua promessa de tirar coisas boas do caos. (p. 29)

Cada capítulo inicia com uma oração extraída da obra dos puritanos The Valley of Vision: a collection of Puritan prayers & devotions [disponível em português – Orações puritanas]. Além da história do próprio autor, que permeia os vários capítulos do livro, encontramos no final de cada capítulo uma história de vida. São relatos com os quais o leitor pode facilmente se identificar. Seus autores são homens e mulheres, em diferentes fases da vida – estudantes, profissionais, mulheres no pós-parto ou na luta contra a dor crônica, pessoas cuja depressão está relacionada ao pecado, à dor da traição, ao desapontamento, e ainda outras questões. Por meio dessas histórias, o leitor pode ver o Senhor e Sua Palavra trabalhando em vidas, e receber encorajamento.

Entendemos que a depressão é uma armadilha na qual homens e mulheres têm sido pegos através da história e em nossa era presente. Parece que as mulheres são mais propensas do que os homens a passarem por depressões agudas, possivelmente por conta de oscilações hormonais pelas quais passam nas várias fases da vida […] A depressão afeta igualmente crentes e descrentes, fracos e forte. Não somos apenas seres espirituais, Deus nos fez de barro – vulneráveis à fraqueza, ao pecado, à doença, e sim, à depressão. (p. 21)

Cada capítulo traz também uma seção muito prática, intitulada Questões para aprofundamento. Nela, o leitor recebe sugestões de como usar as Escrituras para lidar com sua depressão e é incentivado a trabalhar em planos de aplicação.

Esperança para os familiares e amigos
A depressão de Robert Somerville afetou sua vida e seus relacionamento como um todo. Sua esposa esteve ao seu lado, incansável, e é ela quem escreve o capítulo final – Como cuidar dos que cuidam? Cuidados para o cuidador.  Como aqueles que estão ao lado da pessoa deprimida podem se manter firmes e confiantes no Senhor? Mary Somerville escreve com grande honestidade sobre suas lutas e o conforto divino para não desistir ao longo do percurso.

Frequentemente, quando nossos amigos estão em uma longa e difícil situação, perguntamos a eles: “Como você está lidando com tudo isso?”. Em outras palavras, “Você está sobrevivendo? Você está mantendo sua cabeça acima da água? Você está conseguindo administrar sua vida?”. Esta é uma pergunta legítima a ser feita a alguém que está lidando com a tensão constante de viver com uma pessoa depressiva. Poderia ser fácil para ele ou ela desistir e ser sugado pela constante correnteza de desesperança. Mas eu quero mostra-lhe , através da Palavra de Deus, que nós, cuidadores, podemos lidar com essa situação. Podemos mais do que apenas lidar, podemos nos regozijar, alegar, resgatar pessoas e glorificar a Deus!  (p. 189)

Vale a pena ler!
Se eu sou um cristão, por que estou deprimido?  faz mais do que descrever a jornada de um homem. Ele também oferece uma perspectiva bíblica de como entender a depressão e lidar com ela.  É uma leitura recomendada para aqueles que estão passando pela experiência da depressão e um excelente recurso para aqueles que querem ajudá-los, além de que pode também ser estudado em pequenos grupos.



Ficha Técnica
Autor: Robert Somerville
Título: Se sou cristão, por que estou deprimido? A jornada de um cristão pelo “vale da sombra da morte”
Título original: If I’m a Christian, why am I depressed?
Editora: Peregrino
Páginas: 226
Data de publicação: 2016

Robert Somerville serve como pastor-mestre na Evangelical Free Church desde 1970 e como professor de aconselhamento bíblico em The Master’s University desde 2005. É doutor em aconselhamento bíblico pelo Westminster Theological Seminary, e  membro da diretoria da Association of Certified Biblical Counselors (ACBC).