Lidando com as autoridades para honrar a Deus

Kristen Clark

Nós não entrávamos em um acordo. A situação ficava tensa. Eles não conseguiam ver as situações como eu via, e eu não conseguia entender a perspectiva deles. Eu voltava, então, para o meu quarto com a voz tremula e lágrimas escorrendo pelo meu rosto. Esta era eu aos 16 anos de idade. Eu não sabia como lidar com as autoridades que estavam sobre mim.

Meus pais e eu sempre tivemos um ótimo relacionamento, mas mesmo os melhores relacionamentos não estão isentos de conflitos. Houve várias situações nas quais meus pais e eu discordamos fortemente, e eu tinha certeza de que a minha maneira de pensar era a correta.

Em momentos de raiva, foram frequentes minhas respostas desrespeitosas, as lágrimas e a frustração.
Depois de algumas horas, eu começava a sentir o Espirito Santo convencendo-me a me reconciliar com meus pais. No fim, tudo acabava bem. No entanto, nesses momentos de frustração, eu me lembro de pensar coisas como “Mal posso esperar pelo dia que sairei de casa e não terei que lidar com os as regras dos meus pais e obedecer à autoridade deles!”. Você já se sentiu assim? O que eu não havia percebido naquela época, e percebo agora, é que ter pessoas com autoridade sobre mim não é algo que acaba ao sair de casa. Se não forem os pais, serão os professores, o chefe, o treinador de um time esportivo, a polícia, o governo ou alguém mais.

Em essência, acima de todas essas pessoas, Deus é a principal autoridade sobre nós.
Ter alguém acima de nós é algo natural que acontece ao longo de toda a vida, e todos precisamos lidar com isso. Se não aprendermos a lidar corretamente com as autoridades enquanto jovens, teremos essa dificuldade no restante de nossa vida. Ao invés de lutar contra as autoridades, há uma maneira melhor de agir. Na verdade, Deus traçou um plano para não apenas sobrevivermos debaixo de autoridades, mas prosperarmos! As linhas de autoridade são uma ideia de Deus, e são algo muito bom. Como cristãs, devemos saber como lidar com isso biblicamente para honrar a Deus.

Aqui estão três dicas para lidar com as autoridades de maneira a honrar a Deus. Se as suas lutas se parecem de alguma forma com as lutas que eu tive, creio que essas dicas irão ajudá-la de verdade e encorajá-la. Sei que elas teriam me ajudado.

-1- Confie em Deus com respeito às autoridades que Ele colocou sobre você
Primeiramente, precisamos entender que toda autoridade vem de Deus. Romanos 13 nos ensina isso: “Todos devem sujeitar-se às autoridades governamentais, pois não há autoridade que não venha de Deus; as autoridades que existem foram por ele estabelecidas” (Rm 13.1).

Independentemente de gostar ou não de uma autoridade, é preciso confiar que Deus permitiu por algum motivo que aquela pessoa fosse autoridade sobre você. Nós temos que fazer a nossa parte, ou seja, confiar em Deus. No caso de autoridades específicas como nossos pais, Efésios 6.1-3 nos diz que devemos honrá-los com a obediência. Concordando com eles ou não, temos que obedecer a esse mandamento.

Em última análise, as autoridades servem para nos ensinar a confiar mais em Deus. Respondendo bem às autoridades terrenas, estaremos melhor preparadas para a submissão a Deus, e quanto mais formos submissas a Deus, mais facilmente saberemos honrar as autoridades que Ele colocar em nossa vida.

-2- Respeite a posição das autoridades
Uma coisa precisa ficar clara. Você não precisa concordar com as autoridades para honrá-las, e o fato de você ter de honrá-las não significa que elas merecem essa honra. O procedimento da pessoa que é autoridade sobre nós pode nem sempre ser respeitável, mas Deus nos diz que devemos respeitar a posição de autoridade que aquela pessoa ocupa em nossa vida, independentemente de quem ela é.  Verifique o que 1Pedro 2.13-15 diz: “Por causa do Senhor, sujeitem-se a toda autoridade constituída entre os homens; seja ao rei, como autoridade suprema, seja aos governantes, como por ele enviados para punir os que praticam o mal e honrar os que praticam o bem. Pois é da vontade de Deus que, praticando o bem, vocês silenciem a ignorância dos insensatos”.

Quer estejamos lidando com os pais exigentes, um técnico injusto, o professor “maluco”, ou qualquer outro tipo de pessoa difícil de lidar, nosso dever é respeitar a posição de autoridade que essa pessoa tem em nossa vida. Não temos de gostar da pessoa, mas devemos honrar sua posição como autoridade. Falar mal das autoridades, desrespeitá-las ou fofocar sobre elas demonstra desrespeito a Deus.

-3- Tenha um coração sincero
A dificuldade que temos com as autoridades em nossa vida revela que temos um problema mais profundo com Deus. Nossa carne resiste a todo tipo de autoridade. Queremos o que queremos. Não gostamos que alguém nos diga o que temos de fazer. Isso é consequência do pecado que habita em nós, e nossa luta com as autoridades expõe o quanto é preciso que Cristo mude o nosso coração.

Efésios 6.5-7 nos mostra que Deus se importa mais com a condição do nosso coração que as nossas ações. Quando lidamos com uma autoridade, somos chamadas a fazer isso “com sinceridade de coração, como a Cristo. Obedeçam-lhes não apenas para agradá-los quando eles os observam, mas como escravos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus […]de boa vontade, como ao Senhor, e não aos homens”.

Sem a ajuda de Cristo, não conseguiremos lidar com as autoridades com sinceridade de coração Precisamos orar e pedir a Deus que Ele mude nosso coração para que obedeçamos humildemente às autoridades. Quanto mais procurarmos honrar a Deus, mais fácil será lidar humildemente com as autoridades.

Quer você tenha dificuldade para lidar com essas questões, quer não, minha oração é que essas verdades a ajudem a perceber como Deus quer que você aja.
Peça a Deus graça para lidar com as autoridades que Ele colocou em­­ sua vida.

Sua vez!
Atualmente, qual é a sua maior dificuldade nessa área?
Dos três pontos acima, qual você tem maior dificuldade para colocar em prática? Por quê?
Qual mudança prática você precisa fazer para começar a lidar respeitosamente com as autoridades que estão atualmente sobre você?



Original: Responding to Authority in a God-Honoring Way
Artigo publicado originalmente em GirlDefined.
Traduzido com permissão da autora.

Tradução: Júlia Distler
Revisão: Conexão Conselho Bíblico