Os salmos são excelentes para o aconselhamento

Michael Leister

“Toda a Escritura é inspirada por Deus  e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o servo de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm 3.16, 17). Esses versículos muito familiares expressam o papel central e único da Palavra de Deus no processo de aconselhamento. Os versículos abrangem “todas” as Escrituras, obviamente incluindo o livro de Salmos. Deus está usando Salmos e a Bíblia como um todo para ensinar, repreender, corrigir e educar na justiça.

Todas as facetas de nossa alma estão refletidas no livro de Salmos
Em sua introdução ao livro de Salmos, Martinho Lutero escreveu:
“Vemos aqui o coração dos santos. Nossos pensamentos são como as flores de um jardim bonito e bem cultivado, e nosso prazer consiste em uma adoração grata pela bondade divina. Ao mesmo tempo, onde você encontra expressões mais profundas de melancolia e tristeza do que aquelas contidas nos salmos de tristeza e pesar? Você consegue ver o interior do coração de homens santos; você se familiariza com a morte, e o interior da tumba fica escancarado para você. Vemos a morte e a escuridão debaixo do reconhecimento da justa ira de Deus, e percebemos que Seu semblante, por assim dizer, desvia-se de nós. Encontramos as duas grandes inclinações do coração humano, o medo e a esperança, retratadas nos salmos em linguagem que nenhum pintor poderia incorporar e que o maior ator humano tentaria sem êxito representar”. [1]

Salmos é o livro de canções da Bíblia. Essas canções não são meramente cantadas na glória celestial, mas também nos lugares mais sombrios em que um coração humano pode se encontrar neste mundo caído. Os salmos são capazes de expressar nossos sentimentos e gemidos mais íntimos. Existe uma variedade de emoções – de tristeza e pesar a alegria e regozijo – que se refletem neste hinário bíblico. Homens como Davi e os filhos de Corá derramaram seu coração diante do Senhor quando se sentiram angustiados e abandonados, e igualmente quando experimentaram a doce comunhão com o Senhor.

João Calvino escreveu:
“… não existe uma emoção da qual alguém possa estar ciente que não esteja aqui representada como diante de um espelho. Ou melhor, o Espírito Santo reuniu aqui […] todas as mágoas, tristezas, medos, dúvidas, esperanças, cuidados, perplexidades, enfim, todas as emoções perturbadoras com as quais as mentes dos homens costumam ficar agitadas. ” [2]  Os salmos refletem a vida real no mundo real.

Uma capacidade especial do livro de Salmos
Será que existe alguma capacidade especial que podemos atribuir especificamente ao livro de Salmos no aconselhamento? Então, além do fato de que o livro de Salmos pode inflamar a alma humana em direção à oração e adoração a Deus como poucos outros gêneros na Bíblia, esses 150 capítulos podem fazer uma obra muito especial no coração de um aconselhado que está desanimado ou desfalecido. Os salmos não apenas nos mostram um reflexo de nossas experiências e sentimentos, mas eles também nos mostram como os homens de Deus que viveram antes de nós lidaram com essas mesmas experiências e sentimentos. Eles literalmente apontam o caminho em meio ao labirinto das experiências humanas.

Em quase todos os salmos, após a tristeza inicial, a confiança em Deus triunfa sobre o medo, e o lamento se transforma em louvor (Sl 30.11). Isso só é possível porque a pessoa que ora sempre relaciona seus sentimentos e a situação atual, por mais sombrios que sejam, ao Deus eterno e a dois grandes fatos de Sua existência: a criação (p. ex., Sl 121.2; 124.8) e a redenção (Sl 31.5; 71.23; 107.2). As promessas conectadas aos salmos são válidas desde a criação do mundo até além de quando este mundo passar. Embora todos os inimigos se alinhem contra os fieis (Sl 83.3, 4) e as montanhas possam cambalear no mar (Sl 46.2), o Deus de Jacó continua sendo a maior fortaleza para o Seu povo (Sl 46.7) .

Use os salmos regularmente para cuidar do coração dos seus aconselhados
Um desafio comum que encontramos no aconselhamento é que nossos aconselhados, geralmente, distanciaram-se de um relacionamento pessoal com o Senhor na sua caminhada diária. Muitas vezes, eles ouvem nosso ensino e interpretação correta da Palavra de Deus, mas lhes falta confiança no Autor da Palavra para que nEle estejam seguros. Pedir que meditem em passagens selecionadas no livro de Salmos  pode ser de grande ajuda para tais aconselhados. Através das lentes do livro de Salmos, eles podem ver o coração e as emoções de pessoas como eles que derramaram diante do Senhor o mais profundo de seu íntimo. Nessas canções, pessoas reais expressam sua dor e fraqueza real no contexto de um mundo real em direção a um Deus real.

Na leitura dos salmos, a descrição inspirada por Deus da realidade do cotidiano humano pode ressoar no coração do nosso aconselhado e, assim, ele pode encontrar uma nova esperança, não apenas na Palavra de Deus, mas no Autor da Palavra. Visto que os salmos podem colocar em palavras as mais profundas emoções e os gemidos do interior de nosso aconselhado, essas canções são capazes de reacender sua confiança no Deus que ele conhece, cuja Palavra entende e, mais do que isso, o Deus que está disposto a lançar a luz da Verdade em suas circunstâncias.

Dedique-se ao estudo e uso de todo o conselho de Deus, incluindo o livro de Salmos, pois ele têm uma capacidade preciosa de ressoar no coração do seu aconselhado, ajudando-o a confiar novamente no Senhor da Palavra.

Perguntas para reflexão
Você já experimentou pessoalmente como os salmos expressam em canção cada uma das situações da vida?
Você está convencido de que os salmos são capazes de derramar esperança num coração desanimado e apontar para o Deus que o conhece e entende?
Você está usando os salmos regularmente nas atividades práticas que propõe para os seus aconselhados?


[1]  READWIN, T.A. (edit.). The prefaces to the early editions of Martin Luther’s Bible. London: Hatchard & Co, 1863, p. 46. (tradução livre)
[2] CALVIN, John. Commentary on the Book of Psalms. Edinburgh: Calvin Translation Society, 1845. v. 1, p. 37 (tradução livre)



Michael Leister atua como pastor na  NordRhön Bible Church em Hünfeld, Alemanha, e também é professor de aconselhamento bíblico no EBTC – European Bible Training Center  em Berlim, Rheinland e Zurique. Ele é membro do conselho da  NBS Network for Biblical Soul care  e do  KfG Konferenz für Gemeindegründung  na Alemanha, uma rede de cerca de 400 igrejas independentes fieis à Bíblia. Ele frequentou a Torchbearer Bible School no Canadá, estudou aconselhamento bíblico com Wayne Mack na África do Sul e também em The Master’s University in Santa Clarita, CA.

Original: The Psalms Are Special in Counseling
Artigo publicado pela  Biblical Counseling Coalition. Traduzido com autorização.
Tradução e adaptação: Conexão Conselho Bíblico