Pureza sexual significa usar proteção

pureza_post

Diane Montgomery

Quando o assunto é sexo antes do casamento, o que você ouve falar hoje em dia? A mídia, seus colegas, alguns pais e professores dizem: “Tenha sempre o cuidado de usar proteção”. Sabe de uma coisa? Deus diz o mesmo, mas por razões inteiramente diferentes e de maneira completamente diferente.

O mundo diz que quando você decide fazer sexo fora do casamento, você deve se proteger para que não tenha que sofrer as consequências de uma gravidez ou doença. A proteção de Deus, porém, é diferente. Ela não é uma pílula que você pode tomar na manhã seguinte nem está em uma caixa de preservativos que você pode comprar no supermercado. A proteção de Deus guarda não apenas o seu corpo, mas preserva de muita dor o seu coração e o coração do seu futuro cônjuge. De que tipo de proteção estamos falando? O que Deus diz em Sua Palavra sobre nos preservarmos puras?

1. Proteja a sua santidade.
A vontade de Deus é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que desconhecem a Deus. Neste assunto, ninguém prejudique seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos. Porque Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. Portanto, aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o seu Espírito Santo. (1Ts. 4.3-8) 

O corpo, porém, não é para a imoralidade, mas para o Senhor, e o Senhor para o corpo. Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo.  Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos?  Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo. (1Co 6.13, 18-20)

Deus disse: “Sejam santos, porque eu sou santo” (1Pe 1.16).  Deus está presente apenas em meio à  santidade e à pureza. Ele enviou Seu Filho para morrer por nós para que, ao cremos em Jesus, sejamos declarados justos e possamos viver com Ele. No entanto, quando você diz “Deus, eu vou ignorar os Seus mandamentos que me dizem que não devo praticar a imoralidade sexual e, ao invés disso, vou fazer o que meu namorado e eu queremos fazer”, você rejeita Deus e peca contra seu próprio corpo. Deus diz que você deve fugir das práticas sexuais fora do casamento porque elas não são adequadas para você. Ele deseja que você seja santa não só porque é o melhor para você, mas porque a santidade protege você e outras pessoas de sofrimento e de dor.

2. Proteja  a sua reputação e a reputação do Evangelho
Assim, poderão orientar as mulheres mais jovens a amarem seus maridos e seus filhos, a serem prudentes e puras […] a fim de que a palavra de Deus não seja difamada. (Tt 2.4,5) 

Acaso não sabem que o corpo de vocês é santuário do Espírito Santo que habita em vocês, que lhes foi dado por Deus, e que vocês não são de si mesmos? (1 Co 6.19)

Debaixo da liderança de Tito, as mulheres mais velhas deviam ensinar as mais jovens a serem piedosas e  viverem  de tal forma que ninguém pudesse dizer nada que ferisse a boa reputação tanto delas como da Palavra de Deus. O domínio próprio e a pureza são sinais de uma mulher de Deus, de uma mulher separada para Cristo. Ela ama tanto o seu Senhor que escolhe viver uma vida santa e pura em lugar de ceder às tentações que só prometem prazer temporário, pois ela quer que ninguém encontre razão para difamar os filhos de Deus ou a Palavra de Deus.

Como mulheres cristãs, somos separadas do mundo. Nossa a aparência e maneira de agir devem ser diferentes, pois temos que refletir a pessoa de Cristo e o Espírito Santo que habita em nós. Quer você goste ou não, o mundo está observando constantemente o que você faz, e quer ver se você age de uma maneira diferente. Você diz que é cristã, mas você age como aqueles que não conhecem a Cristo, faz as mesmas coisas que eles fazem e vai aos mesmos lugares que eles frequentam? Por que outras pessoas seriam atraídas a amar e obedecer a Deus se você mesma não ama a Deus nem obedece aos Seus mandamentos? O que as pessoas vêem em você é o que elas pensarão a respeito de Deus.

Você não está sozinha, você pertence a Deus e, portanto, deve honrar o seu corpo que é habitação de Deus. Viva de maneira irrepreensível e não permita um traço sequer de imoralidade sexual em sua vida. Se pureza significa que você e seu namorado não devem ficar a sós para que Cristo seja glorificado, façam isso! Se pureza significa manter sempre a porta aberta para que a reputação do Evangelho seja protegida quando vocês estão sozinhos em um cômodo da casa, façam isso! Se pureza significa adiar o contato físico por algum tempo após o início do namoro para que ninguém os acuse de qualquer imoralidade, mas queiram saber quem é o seu Salvador e Senhor, façam isso! O que fica evidente aqui é a quem você ama mais −  a si mesma ou a Cristo e Seu Evangelho, cuja valor é eterno?

3. Proteja seu irmão em Cristo
Mas eu lhes digo: Qualquer que olhar para uma mulher para desejá-la, já cometeu adultério com ela no seu coração. (Mt 5.28)

Mateus 5.28 adverte os homens com respeito à maneira de olhar para as mulheres.  Eu costumava pensar que fosse natural para eles lançar um olhar sensual para as mulheres. De acordo com o ensino de Jesus, porém, esse tipo de olhar equivale a cometer adultério no seu coração, e trata-se de pecado. Mas o que isso tem a ver conosco?

Se você soubesse que poderia salvar alguém da sua família de muita dor de cabeça e problemas, você não se esforçaria ao máximo para fazê-lo? Por que não fazer o mesmo para com o seu irmão em Cristo? Bem, eu sei que pode parecer estranho pensar assim, mas o rapaz com quem você namora − e ele deve ser um cristão − é seu irmão em Cristo. Ele faz parte da sua família cristã. Você pode protegê-lo escolhendo propositadamente vestir-se de maneira que evite que ele olhe para você com lascívia. Uma filha do Rei não quer despertar intencionalmente os rapazes para que olhem para ela com lascívia e pequem em seu coração. Uma filha do Rei cuida de seu irmão em Cristo, vestindo-se de maneira que não o incite a pecar, mas que edifique, e que também glorifique a Deus.

Você protege o seu irmão não apenas quando se veste de maneira que honra a Deus, mas também quando age de modo que não dá oportunidade para que ele tropece na área sexual. Talvez ele  pressione você para fazer certas coisas, e você ceda. Ou pode ser que você mesma o pressione em algo que o coloque numa situação vulnerável. Em ambos os casos, você não está protegendo seu irmão e também não está protegendo a futura esposa dele. No namoro, você ainda não sabe com certeza se vocês dois estarão juntos para sempre, mas você sabe que ele terá uma futura esposa. Não seria terrível se um dia a esposa do seu ex-namorado ficasse sabendo aquilo que vocês fizeram a portas fechadas? Viva de tal forma que você não tenha nada de que se envergonhar, pois você se importou o suficiente com seu irmão em Cristo para protegê-lo de cair.

4. Proteja-se para o seu futuro cônjuge
O seu braço esquerdo esteja debaixo da minha cabeça e o seu braço direito me abrace.  Mulheres de Jerusalém, eu as faço jurar: Não despertem nem incomodem o amor enquanto ele não o quiser. (Ct 8.3,4)

Sua mão esquerda está sob sua cabeça? Sua mão direita a abraça? Essa noiva retratada em Cantares está agora com seu amado, seu marido. Ele a aconchega como esposa, e ela prova a alegria de ter sido pura e de poder conhecer toda a beleza do plano do Deus em pureza. Ela está finalmente com seu marido e implora às suas irmãs que não despertem o amor até que chegue o momento certo, ou seja, o momento de Deus − após o casamento.

Deus deseja o melhor para você. Ele quer o bem de Seus filhos quando diz: “Não desperte o amor antes da hora; fuja e evite a imoralidade sexual”. Sexo fora da vontade de Deus só traz dano a você e aos outros. Deus diz: “Minha filha, tenho algo lindo e maravilhoso destinado para você, mas somente se você andar nos Meus caminhos e permanecer pura. O sexo, conforme Eu o planejei, só é verdadeiramente agradável dentro do casamento”. Deus não sonega de você nenhum bem. Se você confiar nele, Ele a conduzirá no caminho certo e cuidará de você.

Meu marido esperou oito anos para beijar a sua futura esposa. Ele sabia que aquela moça em quem ele estava interessado seria a esposa de alguém, mas não sabia ainda se ela seria a sua esposa, e ele não queria beijar a esposa de outro homem. E então, quando começamos a namorar, ele ainda esperou para me beijar até que Deus deixasse bem claro que tudo caminhava para eu ser a sua esposa. Ele se guardou e nunca se arrependeu disso, mas lamentaríamos qualquer coisa que tivéssemos feito que não nos preservasse puros um para o outro.

5. Proteja seu futuro casamento
O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros.. (Hb 13.4)

As consequências das experiências sexuais anteriores ao casamento terão reflexo no seu casamento e você terá de lidar com elas. Elas não costumam desaparecer em um simples passo de mágica quando você se casa. Os parceiros e as experiências do passado carregam potencial para afetar o relacionamento com seu marido, e até mesmo o seu leito conjugal. Podem surgir  preocupações de ambos os lados: “Sou bom o suficiente em comparação com os outros?” ou “Ele está me comparando às outras? “.

O mundo diz: “É preciso experimentar para ver se vocês são compatíveis sexualmente. Aproveite agora, pois talvez não tenha outra oportunidade”. Deus, porém, diz: “Confie em mim. Quando você se casar, você nunca se arrependerá de ter protegido a si mesma. Se você não se guardar, quando finalmente encontrar aquele que será seu cônjuge, você se arrependerá profundamente de não ter esperado e se mantido pura para o leito conjugal”.

Certa vez, uma pessoa sábia me disse: “Você nunca se arrependerá de ir bem devagar nos relacionamentos, mas você sempre se arrependerá de ir rápido demais”.  Deus traçou um plano nas Escrituras e lhe deu as ferramentas para proteger a sua pureza sexual. Ele sempre prometeu ser bom para com você e lhe dar o melhor para protegê-la do dano e da destruição do pecado. Você precisa seguir os mandamentos de Deus e andar em Sua vontade, pois qualquer passo fora do plano de Deus só traz dor e angústia. Eva começou a duvidar de Deus e a pensar que Ele estava retendo dela algo bom, enquanto Deus procurava guardá-la do pecado e proporcionar para que ela e Adão vivessem em Sua presença no mais belo lugar criado. Visto que Eva duvidou da bondade de Deus para com ela e desobedeceu Suas ordens, o pecado entrou no mundo e, com ele, o sofrimento e a dor.

Você confia no Salvador que morreu na cruz em seu lugar, ou você está começando a duvidar de Sua bondade? Você crê que Ele tem um plano maravilhoso para você quando lhe diz “espera!”? Se você já duvidou e caiu em tentação, você provavelmente sabe a dor que isso traz. Mas Deus diz: “Volte para mim e eu darei alívio. Não é tarde demais”. Há sempre perdão e graça em Cristo, não importa o que você tenha feito em seu passado. Ele está pronto a redimir. E se você ainda não se desviou da vontade de Deus nessa área, continue firme, minha irmã. Você nunca se arrependerá. Deus não mente. Ele é bondoso e amoroso para conosco, por isso vamos confiar plenamente em Seu plano para nós.

___________________________
Original em Unlocking Femininity
Tradução de Conexão Conselho Bíblico com permissão da autora.