Filtros para os seus pensamentos

Fp 4-8_post

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus.
E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.
Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.
Tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim, ponham-no em prática. E o Deus da paz estará com vocês
. Fp 4.6-9

No livro Overcoming Fear, Worry and Anxiety, entre outras ilustrações práticas que ajudam a aplicar a Palavra de Deus no nosso dia a dia, Elyse Fitzpatrick usa o texto de Filipenses para compor um “filtro” para nossos pensamentos – um quadro que pode ser muito útil para uso no crescimento pessoal e também no discipulado e aconselhamento. Após enfatizar a importância da oração como nosso primeiro passo diante de um problema com potencial para nos encher de preocupação, ela passa ao segundo passo: aprender, pela graça de Deus, a controlar os pensamentos de acordo com o ensino de Paulo.

Verdadeiro – O que eu estou pensando é verdadeiro a respeito de Deus e, especialmente, do Seu cuidado paternal comigo?

Nobre – Meus pensamentos honram a Deus? Eles refletem o conhecimento de que Ele é maravilhoso, bondoso, amoroso, sábio e poderoso?

Correto – Meus pensamentos são santos, corretos, justos? Eles são o tipo de pensamento que o próprio Senhor teria?

Puro – Meus pensamentos colocam em dúvida a bondade de Deus ou a veracidade das Suas promessas? Eles elevam a minha importância ou a importância dos meus desejos acima de Deus?

Amável – Meus pensamentos fluem de um coração cheio de ternura e afeição pelo Senhor? Meus pensamentos agradam a Deus?

De boa fama – Meus pensamentos são recomendáveis? Eles estão fundamentados na fé em Deus?

Excelente – Meus pensamentos enchem-me de medo ou eles enchem meu coração de coragem e de um forte compromisso com uma vida notável?

Digno de louvor – O Senhor elogiaria meus pensamentos? Meus pensamentos glorificam a Deus?

(Quadro em formato PDF para você imprimir e ter sempre ao seu alcance)

Elyse conclui:

Finalmente, Paulo nos diz que devemos praticar com disciplina a oração, com ação de graças, e a avaliação diária dos nossos pensamentos. Para mim, este é o ponto crucial. Minha tendência é ser alguém que começa bem, mas que não é uma boa “praticante”. Praticar significa não desistir já na primeira (ou mesmo na segunda) tentativa. Terei de trabalhar com perseverança para controlar meus pensamentos de ansiedade, mas posso descansar por saber que Deus está trabalhando comigo.

Paulo encoraja-nos a trabalhar no controle dos pensamentos dando-nos uma promessa preciosa. Ele escreve: “E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus” (v. 7) e “E o Deus da paz estará com vocês” (v. 9).  Você se dispõe a perseverar para vivenciar a paz de Deus e a presença do Deus da paz? (p. 119)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s