Jeremy Pierre e Deepak Reju. O pastor e o aconselhamento

Um guia básico para pastoreio de membros em necessidade

O Pastor e o Aconselhamento é um livro de fácil e rápida leitura, um guia prático, mas com uma boa base bíblica e que procura destacar a centralidade de Cristo no ministério do aconselhamento.  “Nós escrevemos este livro para pastores que não veem a si mesmos como conselheiros. Queremos argumentar que o ministério público da Palavra deve ser acompanhado de um ministério pessoal da Palavra”, esclarece Jeremy Pierre em uma entrevista.

Os pastores lidam com a tarefa de fazer discípulos, e discipulado incluirá frequentemente aconselhar pessoas em situações diferentes. […]  Portanto, o que você precisa é tanto uma lembrança de que o evangelho de Jesus Cristo é poderoso nestas situações quanto alguma orientação prática para ministrar à luz desse poder. (p. 26, 27)

Apesar do foco na habilidade prática, os autores não deixam de apontar ao leitor  Jesus Cristo e a Bíblia. Enfatizando a necessidade de que a confiança para a mudança real e permanente em vidas esteja no poder de Cristo e não em tecnicass, os autores escrevem:

O alvo é dar-lhe confiança no fato de que no evangelho você dispõe das categorias de que necessita para lidar com problemas de seu povo. Sua confiança não está em alguma técnica superdesenvolvida de aconselhamento, mas em Jesus Cristo. Confiança verdadeira está arraigada no poder das boas-novas de Jesus Cristo que transformam a vida. (p. 29)

O livro está estruturado em três parte, que favorecem a leitura e posteriores consultas:  CONCEITO, PROCESSO e CONTEXTO do aconselhamento.

Parte 1 – Conceito
Os autores estabelecem o conceito de aconselhamento a partir das Escrituras. Eles nos mostram o que está envolvido nesse ministério, considerando a essência do aconselhamento: (1) identificar-se com a fraqueza e o pecado das pessoas – o interesse sincero, (2) falar com Deus em favor das pessoas – a oração e (3) falar com as pessoas em favor de Deus – a proclamação da verdade bíblica.

Esse ministério é impulsionado pelos objetivos do aconselhamento: (1) abordar o problema atual, (2) mostrar a importância do evangelho e (3) ajudar as pessoas a crescerem na semelhança de Cristo.

Os três pontos que se entrelaçam ao longo de todo o processo que será apresentado mais adiante constituem o método do aconselhamento: (1) ouvir o problema, (2) considerar as respostas do coração e (3) falar a verdade em amor.

Você jamais confiaria em um autor que reivindicasse ensinar um método completo de pregação num breve capítulo. Não reivindicamos estar fazendo isso com o aconselhamento. Mas você precisa realmente ter familiaridade com o conteúdo de uma conversa intencional, e fizemos nosso melhor para sintetizar o processo em seus elementos mais necessários, para que você tenha um senso claro de seus alvos nas conversas pastorais. (p. 67)

Parte 2 – Processo
A segunda parte do livro aborda o processo de aconselhamento e dá um roteiro simples do percurso típico de aconselhamento desde o encontro inicial até a finalização.

Oferecemos sugestões quanto a reconhecer a dinâmica do coração, entender problemas teológicos e empregar estratégias redentoras para mudança. Desejamos que estes capítulos o ajudem a responder à pergunta “como é o processo de cuidar desta pessoa?”(p. 28)

Encontramos aqui muitas sugestões práticas vindas de dois conselheiros experientes. Entre outras, os autores instruem sobre como fazer perguntas focadas no coração, como dar e acompanhar as tarefas de casa, agendar os encontros e caminhar com as pessoas, ouvindo e falando em amor. Por ser um livro conciso e limitado no número de páginas, os autores não oferecem ilustrações de casos de aconselhamento que lidam com situações reais e problemas específicos. O que encontramos é uma descrição muito prática e bastante detalhada de como conduzir os encontros de aconselhamento.

Parte 3 – Contexto
A última seção do livro aponta para a realidade de que o pastor não pode trabalhar sozinho. O aconselhamento pastoral acontece tanto dentro da comunidade da igreja quanto numa comunidade de recursos fora da igreja.

A santificação de cada indivíduo é um projeto do qual outros membros da igreja local participam ativamente, especialmente pela prática do discipulado. Deus chamou os pastores não para fazer todo o trabalho sozinhos, mas para equipar os santos para que participem do ministério. Os pastores são orientados, portanto, em como desenvolver uma “cultura de discipulado”, instruindo e treinando os membros da igreja para que aconselhem uns aos outros.

Em seguida. os autores lançam um olhar para além do ministério local de discipulado, com o objetivo de identificar conselheiros experientes, médicos e os outros recursos que possam contribuir para o ministério de aconselhamento em situações específicas.

Sabemos que pastores têm limitações, tanto em tempo quanto em experiência com as complexidades dos problemas humanos […] Você deve certificar-se de estar preparado e de que entende quando e por que razões procurará ajuda em sua localidade.  (p. 158)

É sempre sábio encaminhar pessoas a alguém de fora da igreja local? Se o pastor fizer isso, como pode ter confiança de que o aconselhado será ajudado e não prejudicado? Como deve ser supervisionado esse encaminhamento? Estas são algumas questões para as quais os autores buscam resposta.  Embora não esgotem o assunto, os autores dão algumas orientações úteis e lembram continuamente que o pastor é sempre responsável por ajudar os membros da sua igreja a avaliarem e refletirem biblicamente acerca de qualquer conselho que recebam de outras fontes.

Dos recursos disponíveis, alguns serão muito úteis e alguns menos. Contudo, até os recursos úteis precisarão ser usados com sabedoria (p. 157).

Apêndices
Os apêndices oferecem vários materiais práticos como, por exemplo, uma lista de verificação para o processo de aconselhamento, um método para tomar notas e organizar informações, e uma definição concisa de aconselhamento bíblico:

O aconselhamento que é cristão o bíblico, em sua forma mais básica, é um ministério da Palavra pelo qual os cristãos ajudam outros a entenderem como seu coração está respondendo ativamente a Deus em meio às suas circunstâncias de vida específicas e como a fé em Cristo Jesus muda tais respostas. p. 178

Esta definição reflete a visão estabelecida desde a introdução do livro, quando os autores esclarecem o entendimento bíblico a respeito do homem, seus problemas e a solução:

Nós, seres humanos, somos criados para manifestar o caráter de Deus no que pensamos, no que desejamos e na forma como agimos. Quando surge no coração humano um pensamento obstinado, um desejo lascivo ou uma intenção egoísta, esse coração está falhando em manifestar o caráter de seu Criador, que é paciente, puro e generoso para com os outros. Em resumo, tudo que há dentro e fora de uma pessoa foi planejado para glorificar a Deus. O coração de Jesus foi o único que manifestou perfeitamente o caráter de Deus – porque ele mesmo é Deus, mas também humano, como nós. Portanto, ele é adequado para ser nosso representante, nosso exemplo, nosso resgatador (Hb 4.14-16). Para aconselhar, devemos ter em mente os seguintes fatos:
— Jesus Cristo é o meio de mudança. Crer no evangelho de Cristo muda as reações de nosso coração. Toda sabedoria teórica e todo conselho prático, ministrados no aconselhamento, devem promover, muito essencialmente, um relacionamento com Jesus Cristo pela fé.
— Jesus Cristo é o alvo de mudança. Manifestar o caráter de Cristo é o modelo de maturidade pelo qual labutamos. As circunstâncias talvez não mudem, os problemas talvez não desapareçam por meio de aconselhamento, mas Deus promete o poder que precisamos para reagir de maneiras que refletem a obediência confiante de seu Filho. (p. 29, 30)

Um recurso básico e útil
O Pastor e o Aconselhamento é apresentado pelos autores como uma “cartilha” do aconselhamento bíblico (p. 24) – um livro escrito em linguagem simples e direta, para iniciantes no aconselhamento bíblico, mas que de forma compassiva oferece as bases para o ministério e dicas práticas, mantendo continuamente a perspectiva da centralidade do evangelho de Cristo.

O livro é dirigido aos pastores, mas também é proveitoso para os líderes cristãos e para todo cristão que não teve outra oportunidade de treinamento em aconselhamento bíblico. O Pastor e o Aconselhamento é um primeiro passo para compreender melhor a tarefa de aconselhar. Uma formação mais ampla é importante para a competência em aconselhamento, e para isso os pastores e líderes devem procurar bons programas de educação e treinamento, além de livros que aprofundam o tema e tratam de questões que apenas foram mencionadas ou mesmo ficaram ausentes devido à característica introdutória do texto. Este também não é o livro para quem está em busca de estudos de caso. De forma geral, ele seria ainda mais útil se os autores tivessem incluído um apêndice com uma seleção de recursos recomendados para a continuidade da formação em aconselhamento bíblico.



Ficha Técnica
Autor: Jeremy Pierre e Deepak Reju
Título: O pastor e o aconselhamento: uma guia básico para pastoreio de membros em necessidade
Título original: The pastor and counseling 
Editora: Fiel
Páginas: 200
Data de publicação: 2015

A Editora Fiel disponibiliza para leitura as páginas introdutórias do livro.

Jeremy Pierre serve como deão de alunos e diretor do departamento de aconselhamento bíblico e ministérios com famílias no Southern Baptist Theological Seminary. Atua como pastor na Clifton Baptist Church. É membro do conselho da Biblical Counseling Coalition (BCC) e certificado pela Association of Certified Biblical Counselors (ACBC).

Deepak Reju serve como o pastor de aconselhamento bíblico e famílias na Capitol Hill Baptist Church, em Washington, DC. Formou-se no Southern Baptist Theological Seminary (M.Div., Ph.D.) e é membro do conselho da Biblical Counseling Coalition (BCC).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s