Quatro razões por que líderes sábios praticam a prestação de contas

Mike Calhoun

A mídia está repleta de histórias gritantes de empresas em crise, igrejas divididas, lares quebrados e lideres que caíram. Presidentes de empresas, pastores, pais, mães e líderes em geral parecem abandonar em alta velocidade a moralidade e os absolutos. Se você é como eu, essas histórias despertam um clima de temor, lembrando que nenhum de nós é forte, piedoso ou maduro o suficiente para se orgulhar.

Existe uma resposta a esta epidemia? Existe uma barreira que ajude a neutralizar as forças que levam a decisões destrutivas? Creio que a resposta seja sim! Não, eu não acredito que exista uma “panaceia mágica” para o problema. Entretanto, acredito em uma prática que pode favorecer uma zona de segurança em nossas vidas.

Refiro-me à prestação de contas, uma palavra mencionada com frequência, mas que costuma ser vagamente definida.  Hoje, muitos falam sobre ela em termos depreciativos, como se fosse um símbolo de vergonha, inferioridade ou falta de maturidade. Entretanto, nem todos pensam assim. À medida que interajo com alguns dos principais líderes de ministérios com juventude em meu país, tenho descoberto que vários homens e mulheres adotaram a verdadeira prestação de contas bíblica, e eu os vejo como alguns dos líderes mais maduros em seu campo de atuação.

Os líderes sábios não só acreditam que a  prestação de contas  é importante, mas a praticam na própria vida e a ensinam a outros. Quero dar quatro razões pelas quais os líderes sábios adotam a prestação de contas.

  1. Eles sabem que existe algo que eles podem esconder, mas não querem esconder. Eles estão dispostos a serem verdadeiros diante de si mesmos e de outros sobre sua natureza pecaminosa. Os líderes sábios são transparentes com seus parceiros de prestação de contas.
  2. Eles sabem que existe algo que pode controlá-los, mas não querem ser controlados por nada além de Deus. Todos nós, normalmente, lutamos com o pecado que nos assedia. Os líderes sábios admitem isso diante de seus parceiros de prestação de contas e estão dispostos a assumir responsabilidade.
  3. Eles sabem que têm fraquezas, mas não querem arranjar desculpas para elas. Os líderes sábios estão em constante processo de crescimento e aprendizado. Eles identificam suas fraquezas e, em seguida, formulam planos para o fortalecimento dessas áreas. Eles estão dispostos a prestar contas nesse processo.
  4. Eles sabem que têm pontos fortes, mas não querem confiar excessivamente neles . Vamos admitir: todos nós somos bons em alguma coisa, mas de vez em quando necessitamos de um amigo honesto para nos lembrar que esse é um dom pelo qual precisamos ser gratos, não orgulhosos.

Os líderes sábios não se esquivam da prestação de contas; eles a adotam. Eles não têm medo da verdade e sabem o valor de ter uma pessoa que os acompanhe. Não sei o que você pensa, mas eu sou sempre um pouco cético com relação a alguém que ocupa uma posição de liderança e não busca para si mesmo um relacionamento de prestação de contas. Os líderes sábios têm conhecimento suficiente da verdade bíblica para não ignorarem o modelo bíblico de prestação de contas.


Mike Calhoun serviu durante 43 anos no ministério de Word of Life. Atualmente é responsável pelo treinamento de líderes em The Summit Church in Raleigh-Durham, North Carolina.

Original

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.